ATENÇÃO:

As fotos de acidentes e outras ocorrências divulgadas neste site não se prestam a satisfazer a curiosidade popular ou a qualquer instinto mórbido da natureza humana. São fotos que podem até provocar polêmica, devido a seu conteúdo dramático, mas, com certeza, conduzirão aqueles que tiverem coragem de acessá-las a uma reflexão sobre a efemeridade da vida, a necessidade de maior cuidado no trânsito e em outras situações de risco, bem como a uma maior valorização do trabalho dos funcionários das Polícias: Rodoviária Federal, Militar, Federal, Civil, Institutos Gerais de Pericias (IGP) e do SAMU (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência). Aqui mostramos exemplos de fatalidades que aconteceram em "pegas" e distrações nas ruas. Também mostramos exemplos de outros acidentes. Em relação aos acidentes registrados, a divulgação das imagens está baseada na Lei 9.503/97 (Código Nacional de Trânsito), artigos 6º, I e 14, IV, servindo como campanha de educação para o trânsito. Ainda que o impacto dessas cenas podem produzir esse efeito educativo e até preventivo, recomendamos com insistência que crianças e outras pessoas impressionáveis não vejam essas imagens. By Arquivo Sinistro


E-mail: webhorror@gmail.com



19/06/2011 Irmão é suspeito de assassinar irmão

Irmão é suspeito de assassinar irmão


O corpo de um homem, identificado como Agnaldo Cardoso dos Santos Chaves, idade ignorada, foi encontrado no fim da tarde desta segunda-feira (07/12/09). O indivíduo foi morto com um tiro na cabeça. O irmão dele, Eduardo Cardoso Chaves, o principal suspeito, ainda não foi localizado. O homicídio, segundo moradores, ocorreu no fim de semana, pois o corpo já estava enrijecido e em estado de decomposição. O local, uma fazenda distante dois quilômetros do centro de Eunápolis, é de difícil acesso. Policiais militares tiveram dificuldade para chegar a casa onde aconteceu o crime. Foi uma verdadeira aventura, por trilhas íngremes. O corpo de Agnaldo estava do lado de fora da residência, perto da calçada. Os policiais fizeram uma varredura na residência, mas não encontraram nenhum sinal de luta corporal ou marcas de sangue no piso. Mas, do lado de fora, foi encontrada uma espingarda, provavelmente utilizada pelo atirador. A arma, que estava sem munição, foi recolhida e será periciada. Só a autópsia vai definir o tipo de bala que matou Agnaldo. Um dos proprietários da fazenda afirmou que a arma ficava na casa, para os funcionários se defenderem de animais e contou que a vítima veio visitar o irmão no sábado à tarde. Ele suspeita que o funcionário Eduardo tenha matado o irmão, mas não sabe o motivo. A mãe dos irmãos mora na fazenda, só que em outra casa. Ela não pode ir ao local, porque a mata é fechada. O delegado Alberto Passos de Melo, da Polícia Civil, realizou o levantamento cadavérico. Os agentes funerários da Pax do Brasil não conseguiram remover o corpo. Eles farão uma nova tentativa na manhã desta terça-feira (8), utilizando cavalos















































































































video
video

Digg it StumbleUpon del.icio.us

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo

.

 
O conteúdo deste site foi totalmente retirado da Internet,
portanto não nos responsabilizamos por ele.
© 2004-2012:.WEB HORROR:.Todos os direitos reservados.
Related Posts with Thumbnails