ATENÇÃO:

As fotos de acidentes e outras ocorrências divulgadas neste site não se prestam a satisfazer a curiosidade popular ou a qualquer instinto mórbido da natureza humana. São fotos que podem até provocar polêmica, devido a seu conteúdo dramático, mas, com certeza, conduzirão aqueles que tiverem coragem de acessá-las a uma reflexão sobre a efemeridade da vida, a necessidade de maior cuidado no trânsito e em outras situações de risco, bem como a uma maior valorização do trabalho dos funcionários das Polícias: Rodoviária Federal, Militar, Federal, Civil, Institutos Gerais de Pericias (IGP) e do SAMU (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência). Aqui mostramos exemplos de fatalidades que aconteceram em "pegas" e distrações nas ruas. Também mostramos exemplos de outros acidentes. Em relação aos acidentes registrados, a divulgação das imagens está baseada na Lei 9.503/97 (Código Nacional de Trânsito), artigos 6º, I e 14, IV, servindo como campanha de educação para o trânsito. Ainda que o impacto dessas cenas podem produzir esse efeito educativo e até preventivo, recomendamos com insistência que crianças e outras pessoas impressionáveis não vejam essas imagens. By Arquivo Sinistro


E-mail: webhorror@gmail.com



10/04/2010 7 tiros...

Uma mulher foi morta com sete tiros, no bairro Santa Mônica, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte, nessa quarta-feira. O crime aconteceu dentro de um salão de beleza. De acordo com testemunhas, a vítima teria pedido proteção à polícia por causa de ameaças de morte, feitas pelo ex-marido, identificado como Fábio Willian, de 30 anos, borracheiro, autor dos disparos.

O crime aconteceu por volta de 8h30m. Maria Islaine de Morais, de 31 anos, era dona do salão e estava trabalhando quando foi surpreendida pelo ex-marido. Ele apontou a arma para ela e atirou sete vezes, sem que ela reagisse. A câmera de segurança do salão flagrou a ação covarde do ex-marido.

- Não deu nem tempo de falar nada. Eu saí correndo para chamar a polícia - disse uma funcionária, que não quis se identificar.

Maria Islaine já teria feito pelo menos oito boletins de ocorrência contra ele. O ex-marido já a tinha ameaçado de morte várias vezes. O casal estava separado há um ano, mas ele não aceitava a situação. Testemunhas contam que até uma bomba ele já teria jogado no salão. Em outra ocasião, Fábio Willian jogou pilhas na cabeça da ex-mulher, que acabaram ferindo a cabeleireira. Um dia antes do crime, ele fez novas ameaças por celular à vitima.

O delegado que investiga o caso, Álvaro Homero, disse que viu as imagens feitas pela câmera, mas aguarda o trabalho da perícia.

O acusado ainda não foi encontrado pela polícia. Ele será indiciado por homicídio qualificado. A pena varia de 12 a 30 anos de prisão. De acordo com o Fórum, o processo da vítima contra o ex-marido corre em segredo de justiça.


video
video
câmera de segurança do salão



Homem que matou a ex com sete tiros é preso em Belo Horizonte (MG)

O borracheiro Fábio Willian da Silva, 30, foi preso na tarde desta quinta-feira.

Inconformado com a separação, o homem invadiu o salão de beleza da ex-companheira, Maria Islaine de Moraes, 32, em Santa Mônica, zona note de Belo Horizonte, na capital mineira, e disparou sete vezes contra a mulher.

As clientes do salão foram impedidas de sair do local e assistiram o homem atirar contra a Maria. Um dos tiros pegou na cabeça e ela morreu na hora.



Digg it StumbleUpon del.icio.us

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo

.

 
O conteúdo deste site foi totalmente retirado da Internet,
portanto não nos responsabilizamos por ele.
© 2004-2012:.WEB HORROR:.Todos os direitos reservados.
Related Posts with Thumbnails